sábado, 31 de dezembro de 2016

Prepare-se para o Ano Novo!




Prepare-se para o Ano Novo!

"Moisés, meu servo, é morto; levanta-te, pois, agora, passa este Jordão, tu e todo este povo, à terra que eu dou aos filhos de Israel. Todo o lugar que pisar a planta do vosso pé, vô-lo tenho dado, como eu disse a Moisés... como fui com Moisés, assim serei contigo; não te deixarei nem te desampararei. Seja forte e corajoso ..." (Josué 1. 2-3, 5-6)

O Ano Novo se espalha antes de você pisar no território desconhecido. Basta virar as páginas do calendário do próximo ano e olhar para todos os dias vazios. Esta noite à meia-noite, você vai atravessar em algo novo, como atravessar o rio Jordão. Esta noite é um rio sem retorno. Podemos parafrasear o versículo de hoje: "Preparem-se para atravessar o Ano Novo que eu estou prestes a dar a vocês". E ouçam a seguinte frase: "Eu lhes darei todos os lugares em que pisarem!"
Deus está prestes a dar-lhe os próximos doze meses. Ele lhe dará todos os lugares em que põe os pés. Coisa é, você deve pisar neles. As oportunidades abençoadas por Deus não se tornam suas até que você as tome. A terra de Canaã foi prometida aos israelitas, mas eles tiveram que sair e reivindicar o terreno.
Deus tem grandes coisas para você durante o próximo ano. Ele abrirá portas e caminhos claros.  
"E os teus ouvidos ouvirão uma palavra atrás de ti, dizendo: Este é o caminho, andai por ele, quando vos voltardes para a direita, e quando vos voltardes para a esquerda" (Isaías 30:21 KJV). 
Onde quer que Deus conduza, quaisquer oportunidades que ele colocar em seu caminho ... passo neles.
Olhamos para o Ano Novo como "o futuro". Deus olha para ele como "o passado". É por isso que podemos ter confiança nos próximos meses - Deus já esteve lá! E assim, amigo, Feliz Ano Novo!

Deus, obrigado por tudo o que você fez este ano ... e tudo o que você vai fazer no próximo. Eu estou pronto para sair em cada abençoada oportunidade que você dá. 

terça-feira, 27 de dezembro de 2016

Leia a Bíblia



Leia a Bíblia

"Toda a Escritura é divinamente inspirada, e proveitosa para ensinar, para redarguir, para corrigir, para instruir em justiça;” (2 Timóteo 3.16)

A Bíblia é o livro mais importante já escrito. É uma testemunha ocular de acontecimentos históricos de tal magnitude que literalmente moldaram o mundo em que vivemos. Por isso, nessa última semana do ano quando todos fazem planos para o novo ano, comece o ano com um plano diferente. Programe-se para ler a Bíblia.
Por meio da leitura do livro sagrado conhecemos a Deus e ficamos sabendo o que Ele exige de nós e o que Ele nos promete. Comprovamos a inspiração divina da Bíblia. Além de confirmarmos que nela se encontra revelado o amor de Deus pelo ser humano.

“Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.” (João 3.16)

A Bíblia revela Jesus de Nazaré, também chamado o "Cristo". Seu nome tem sido usado para abençoar as pessoas em todos os tempos, pois quando você se encontra com Jesus na leitura das páginas deste livro e entende quem Ele diz ser, é impossível permanecer o mesmo.
Na Bíblia somos ensinados e habilitados a viver o mais alto conceito de amor. Encontramos mensagens de consolo e paz. Suas palavras falam ao coração angustiado e o consolam. Nela se encontram os princípios para uma vida de felicidade e harmonia no lar, no trabalho, na sociedade.

"Jesus realizou na presença dos seus discípulos muitos outros sinais miraculosos, que não estão registrados neste livro. Mas estes foram escritos para que vocês creiam que Jesus é o Cristo, o Filho de Deus e, crendo, tenham vida em seu nome." (João 20.30-31)


Encontramos um tesouro precioso para nossas vidas ao basearmos nossa existência na palavra de Deus e somos realmente felizes. Deus se revela a nós através da Bíblia. Com a ajuda da Bíblia, podemos diferenciar o certo do errado, e aprender a viver de maneira que agrada a Deus.
Antes de iniciar a leitura, ore para que Deus o oriente e abençoe na sua leitura e, ao terminar, agradeça-lhe as bênçãos recebidas através dessa leitura. Leia com reverência e humildade e, sempre que possível, procure ler trechos que tenham sentido completo. Leia com uma mente aberta e coração aberto. 
A Bíblia contém a pura verdade sobre Deus, sobre a vida, a natureza da humanidade e os nossos próprios corações como seres humanos. Medite naquilo que você está lendo e construa sua vida sobre as promessas e os ensinamentos que ela apresenta. 
Comece a leitura da Bíblia hoje mesmo. Persista no propósito de ler a Bíblia todos os dias. Programe-se: separe um tempo todos os dias (manhã ou noite).  Marque os capítulos já lidos, para ter uma rápida identificação. Se a leitura for abandonada por um dia ou mais, não abandone o plano. Procure recuperar nos próximos dias.  O objetivo é conhecer a palavra de Deus viva, e a Cristo - o Senhor. 

"Examinais as escrituras, porque cuidais ter nelas a vida eterna, e são elas que de mim testificam." (João 5.39)

A mensagem da Bíblia é para todos, de todos os lugares, de todos os tempos e é fundamental para suas vidas cotidianas. Ela afirma ser a palavra de Deus. Porém a decisão é sua se vai crer na mensagem deste livro e aplicá-la em sua própria vida.


LEIA A BÍBLIA

terça-feira, 20 de dezembro de 2016

Encarnaçâo Divina



Encarnação Divina

"O Verbo se fez carne e habitou entre nós."  (João 1:14 NVI)

Falamos muito sobre a Encarnação Divina quando o Natal se aproxima. Encarnação é uma palavra latina que significa "tomar carne." Deus "se fez carne" e tornou-se o Jesus humano. Parece simples, mas a ideia é humanamente impossível.
Deus se fez carne? É como aceitar que um navio de guerra pode caber em uma banheira. Um arranha-céu pode caber em uma casa de bonecas. Um campo de trigo pode caber em uma caixa de cereal. Mais do que isso, é como fazer tinta azul do céu azul. Não podemos entender essas coisas. Da mesma forma, não podemos imaginar o deus do universo se tornando um bebê.
É tão estranho. Afinal, todo o ponto era que Deus queria nos resgatar. Mas um bebê não pode resgatar ninguém; os bebês precisam resgatar a si mesmos. Talvez porque Deus não poderia fazer mais do que já havia feito para nos impressionar, fez-se menor para nos atrair.
E a história do Natal é atraente. Em toda a história não há nada como ela. Se você passear pelas cidades ao redor do mundo, você vai ver imponentes monumentos aos homens e mulheres notáveis. Mas você já viu uma estátua de uma pessoa famosa como uma criança? Você nunca vê George Washington retratado em um carrinho. Seria tolo.
Mas não é tolo honrar o Senhor do universo como um bebê, porque esta criança significa a Encarnação. Que Deus assumiu a carne é incrível, como um poço de petróleo montado em uma lata de óleo, ou uma montanha espremer em um pequeno morro. Deus se fez carne!
Para ajudá-lo a pensar sobre o que é o ato surpreendente da Encarnação, faça uma lista de todas as qualidades que Jesus desistiu para se tornar um bebê. Por exemplo, aquele que é a luz do mundo escolheu habitar em um ventre escuro por nove meses. Você vai se surpreender com o que a escolha de Jesus significava para ele e para você.

Emanuel, Deus conosco, palavras parecem incrivelmente pequenas para tentar expressar a imensidade do seu amor por mim, e a gratidão que sinto. Ajuda-me a viver hoje de uma forma que honre os sacrifícios que você fez para mim.


Baseado no Devocional An Impossibility - More Precious Than Silver. © 1998 por Joni Eareckson Tada. Usado com permissão. Zondervan Publishing House, Grand Rapids, Michigan 49530.

segunda-feira, 12 de dezembro de 2016

Jesus, o Presente de Deus





Jesus, o Presente de Deus

Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.” (João 3:16)

A comemoração do nascimento de Cristo, independente de outros interesses, permanece ligada com nossa fé e deve ser utilizada para proclamar a mensagem de salvação a todos os povos.

“E, no sexto mês, foi o anjo Gabriel enviado por Deus a uma cidade da Galiléia, chamada Nazaré, “  (Lucas 1:26)

O Criador não se afastou de Sua criação e enviou o anjo Gabriel para notificar Maria sobre o nascimento de Jesus.

“E, entrando o anjo onde ela estava, disse: Salve, agraciada; o Senhor é contigo; bendita és tu entre as mulheres.” (Lucas 1:28)  

Assim como para Jesus nascer Deus enviou um anjo ao encontro de uma mulher comum que poderia ser usada para um grande propósito, Deus envia sua mensagem no endereço correto, usando o mensageiro para fazer ser Natal em sua vida.

“Eis que a virgem conceberá, e dará à luz um filho, e chamará o seu nome Emanuel.” (Isaías 7.14).

Como já sabemos, Deus iniciou a consumação de nossa salvação enviando a nós um menino, nascido de uma virgem, conforme indicava a profecia. O Senhor colocou a autoridade sobre os ombros dele, mostrando que Deus escolhe a quem quer para realizar os seus santos propósitos com a humanidade.

“Porque um menino nos nasceu, um filho se nos deu, e o principado está sobre os seus ombros, e se chamará o seu nome: Maravilhoso, Conselheiro, Deus Forte, Pai da Eternidade, Príncipe da Paz.” (Isaías 9:6)





Não importa o seu passado, o importante é saber que, com Jesus, você pode fazer grandes coisas para Deus. Deus gosta de dar bênçãos a todos os que o buscam.
Com respeito à salvação, a humanidade não o buscava. Todos pecaram, e destituídos foram da glória de Deus. Mas o Todo Poderoso tomou a iniciativa, e foi em busca da raça humana com um belíssimo presente de natal: o Seu próprio Filho, descendo ao mundo para nos salvar. Deus está sempre à sua procura. O Natal é isso!
O primeiro presente natalino foi dado pelo Senhor, quando enviou Seu Filho Jesus a nós. E, quando recebemos esta dádiva, encontramos a paz que procuramos, e aquilo que realmente é importante: a nossa salvação.

“Mas, a todos quantos o receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus, aos que creem no seu nome;” (João 1.12)


Nesse natal não espere o 'Papai Noel', ou seja, presentes humanos, mas abra o coração para receber o Filho de Deus e seu presente de salvação!

Antes do Novo Ano sempre acontece o Natal. Não há ano novo Feliz sem o nascimento de Jesus no próprio coração. 
Quando aceitamos Jesus é Natal. Quando seguimos Jesus é Feliz Ano Novo. Até o final dos tempos.


segunda-feira, 5 de dezembro de 2016

Tudo que Eu Quero para o Natal



Tudo que Eu Quero para o Natal ...

"Deleita-te no Senhor, e ele vos dará os desejos do seu coração." (Salmo 37: 4)

Em tempos de festejos natalinos anuncia-se muito sobre presentes. Fala-se pouco sobre presentes para o aniversariante e somos nós mesmos que trocamos presentes uns com os outros. Mas Deus não interfere nem nos reprova se quisermos nos presentear, por isso é normal pensamos no que gostaríamos de ganhar.
Quando eu saí do hospital no ano de 1982, depois do acidente de trânsito que sofri no ano anterior, que me deixou tetraplégica, o meu maior desejo era a recuperação física, queria meu corpo de volta!
A palavra de Deus nos fala que o primeiro presente natalino foi dado por Deus, quando enviou Seu Filho Jesus a nós. E, quando recebemos esta dádiva, encontramos a paz que procuramos, e aquilo que realmente é importante: a nossa salvação. Nossa salvação, porém, para permanecer precisa ser desenvolvida.
Em João 15: 7 Jesus disse: "Se permanecerdes em mim e as minhas palavras permanecerem em vós, pedireis o que quiserdes, e vos será dado." Porém Atos 14:22 lembra-me que eu iria "passar por muitas dificuldades para entrar no reino de Deus." E Romanos 8:17 explica que eu "serei um co-herdeiro com Cristo, se eu compartilhar dos seus sofrimentos."
Eu recebi o melhor presente que eu poderia esperar. Eu recebi a dádiva da salvação dada por Deus, permaneço no Senhor segundo João 15: 7 e Ele me concedeu meu desejo - eu tenho um relacionamento mais gratificante e mais profundo com o meu maravilhoso e soberano Salvador!
De todos os presentes que você poderia receber no Natal, o que seria o desejo do seu coração? 
Jesus diz que o que quiser será feito para você se as palavras dele preencherem a sua vida e se você permanecer nele. Quando você faz isso, você acaba recebendo muito mais do que você poderia esperar.
Em vista de estarmos ligados a Cristo, a Sua mente será a nossa e aprenderemos como orar pelo que Ele quer para nossa vida. A vontade de Deus será a nossa. Ao agirmos desse modo, fazemos Sua vontade e teremos respostas a nossas orações.
Nesse natal não espere o 'Papai Noel', mas abra o coração para receber o Filho de Deus e seu presente de salvação! E depois permaneça buscando a Deus na oração e em Sua palavra aprimorando seu relacionamento com Deus. 

Senhor Jesus, eu quero que você seja o único desejo do meu coração. Conceda-me este desejo, eu oro.

terça-feira, 22 de novembro de 2016

Milagres do Espírito




 

Milagres do Espírito

"... Mas se alguém for ter com eles dentre os mortos, eles vão se arrepender!" Mas ele lhes disse: 'se eles não ouvem a Moisés e aos profetas, tampouco se deixarão persuadir que ressuscite alguém dentre os mortos."  (Lucas 16: 30,31)

No mês de novembro acontece o aniversário do acidente automobilístico que sofri e que resultou em tetraplegia. Cristãos bem-intencionados têm, por vezes, olhado para a minha cadeira de rodas e dizem: "Pense que testemunho ao mundo que você seria se Deus levantasse você dessa cadeira!" Eles assumem que todos os incrédulos que já viram ou ouviram de mim, por esse milagre, seriam convencidos do poder e da verdade de Deus. 
Minha experiência me permite afirmar: "Um milagre não vai fazer o convincente." Esse é o trabalho do Espírito Santo. É verdade, o Espírito pode usar milagres ocasionais para aumentar seu trabalho, mas mesmo quando homens foram ressuscitados dentre os mortos pelo poder do Espírito, as pessoas não foram persuadidas. E se um homem morto levantando e saindo para fora da sepultura não convence, eu não tenho tanta certeza que uma mulher paralisada levantar-se da cadeira de rodas convencerá, também. As pessoas provavelmente diriam: "Ela nunca foi paralisada." 
Não olhamos para os sinais e maravilhas, esperando que estes atraiam os amigos incrédulos para o reino? "Se Deus curasse seu bebê, eu sei que ela iria acreditar." Isso é presunção e, talvez, é falta de fé. Deus não precisa nem de homens mortos andando ou pessoas paralisadas a dançar. O verdadeiro milagre do Espírito é "... convencerá o mundo de culpa em relação ao pecado, da justiça e do juízo: no que diz respeito ao pecado, porque os homens não acreditam em mim ..." (João 16: 8,9) . É o coração pecador que ele quer curar. 
Para mim, o verdadeiro milagre significa sentar nesta cadeira de rodas e poder sorrir. Todo dia eu experimento milagres de paciência e perseverança, resistência e auto controle. Esta ordinária (que é tão extraordinária) obra do Espírito é suficiente. Estou mais preocupada com um coração que funciona, do que as mãos.

Senhor,
Que o meu coração seja a sede do seu poder milagroso de hoje.


Visite:
http://www.joniandfriends.org/daily-devotional/

sábado, 19 de novembro de 2016

35 Anos



















Trinta e cinco anos atrás, eu sofri um acidente que alterou completamente a minha vida. No início, quando os médicos me disseram que eu seria uma tetraplégica foi muito triste. Felizmente recebi ajuda de familiares e amigos e comecei a dar uma olhada na Bíblia para ver o que Deus tinha a dizer sobre a minha situação. 
O acidente aconteceu em Novembro de 1981. Eu sofri uma fratura na quinta vértebra da coluna cervical que resultou em tetraplegia. Algumas pessoas perguntam como eu posso sorrir, apesar de um pescoço quebrado, apesar da tetraplegia. Minha resposta? É por causa de Jesus, homem de dores. Jesus foi humilhado, açoitado, espancado e acusado de um mal que Ele nunca tinha cometido; Ele foi crucificado - preso a uma cruz. Durante seis horas esgotantes, Jesus suportou a dor excruciante, angustiante - a ponto de gritar, (Marcos 15; João 19; Mateus 27) "Deus meu, Deus meu, por que me abandonaste?". E é em dias de luta, quando eu sinto que talvez Deus se esqueceu de mim - que eu me lembro que eu não estou sozinha. 
Jesus sofreu o abandono por seu pai, para poder dizer-me: "Eu nunca te abandonarei, nunca deixarei você!" É um lembrete precioso para você, também, caro amigo. Porque o que quer que seu sofrimento - seja a dor crônica, um casamento desfeito, um filho desobediente - lembre-se que Deus vê o seu sofrimento, Ele ouve o seu clamor, e ele sabe sobre a sua dor. E através de Jesus Cristo e do poder do Espírito Santo, você também pode "alegrar-se no seu sofrimento" (Romanos 5).
Estar sentada em uma cadeira de rodas há 35 anos não é simples. É uma luta diária com o desconforto e a dependência. Mas o que me ajudou é que essa caminhada permitiu a minha proximidade de Jesus. Minha deficiência tem uma maneira de levar-me para perto de meu Salvador, muito mais perto do que eu estaria se eu estivesse em meus pés.  Nos momentos mais difíceis posso gozar a doce e preciosa proximidade de Jesus. E isso me traz felicidade, o meu sofrimento me dá uma unidade especial. A unidade não aconteceria se não fosse por minha própria aflição. 
Quando nós suportamos coisas difíceis e dolorosos por Jesus e com Jesus, então e só então nós provamos e vemos o quão bom foi o sofrimento de nosso Senhor, que faz com que as nossas próprias aflições sejam doce. Nós lhe damos o nosso sofrimento, e Ele nos dá a Sua doçura. Nós lhe damos nossa confusão, e Ele nos dá a clareza. Nós lhe damos nossa impaciência, e Ele nos dá a Sua resistência. Tudo o que nós trazemos a Ele que está quebrado, Ele abençoa.
Eu aprendi que o Deus da Bíblia não é somente por vezes soberano. Ele não ocupa um dia o trono e desocupa-o no próximo dia. Ele é extremamente responsável. Confio Nele, e para mim, o Seu propósito significou receber e dar o amor de Cristo fazendo valer a pena décadas de uma vida em uma cadeira de rodas.


John Wesley que escreveu: "Mesmo nas maiores aflições, devemos testemunhar a Deus, para que, em recebê-las de sua mão, sintamos prazer no meio da dor, ao ser afligido por Aquele que nos ama, e a quem amamos ".


Foi Santo Inácio, que uma vez escreveu: "Todos os prazeres do mundo não são nada em comparação com a doçura encontrada no fel e vinagre oferecido a Jesus Cristo. A chama do Amor Divino nunca se eleva mais alto do que quando alimentada com a madeira da Cruz, que é a caridade infinita do Salvador usada para terminar o Seu sacrifício."



Testemunho real de Clarice Pessato com comentário inspirado no testemunho de Joni Earecson Tada.

terça-feira, 8 de novembro de 2016

Trinca e Cinco Anos




















Trinca e Cinco Anos

Pode não parecer uma data para lembrar ou comemorar, mas é um aniversário para mim!
O dia 22 de Novembro é, na verdade, um aniversário significativo porque estará marcando 35 anos desde aquele domingo à tarde quando eu quebrei meu pescoço num acidente de trânsito. 
Foi no ano de 1981. Trinta e cinco anos! Eu não posso acreditar que eu tenho sobrevivido todo esse tempo - e sobrevivi tão bem. E como eu agradeço a Deus pela maneira como ele me guiou através desses anos.
Um pescoço quebrado: tetraplegia ao longo da vida, nunca ser capaz de usar as mãos ou correr ou caminhar, foi totalmente esmagador para uma jovem de 18 anos como eu. Mas Deus me deu o apoio de uma família maravilhosa, e amigos cristãos que oraram por mim.
Estar sentada em uma cadeira de rodas há 35 anos não é simples. É uma luta diária com o desconforto e a dependência. Mas o que me ajudou é que essa caminhada permitiu a minha proximidade de Jesus. Minha deficiência tem uma maneira de levar-me para perto de meu Salvador, muito mais perto do que eu estaria se eu estivesse em meus pés.  
Comecei a dar uma olhada na Bíblia para ver o que Deus tinha a dizer sobre a minha situação. E foi na busca da palavra de Deus que descobri verdades bíblicas que se tornaram âncoras para sobreviver: O Senhor é meu pastor - Cristo se entregou por mim - Nada é demasiado difícil para o Senhor - Eu nunca vou deixar você - Tudo funciona para o bem – ...
Estou convencida, olhando para trás nesses 35 anos, que Deus me permitiu passar o que eu deveria passar. Eu não vou entender tudo, ele, porém vai tornar simples. Por enquanto só sei que ele tem as rédeas da minha vida; sei que nada é difícil demais para o Senhor e ele nunca vai me deixar. 
E é isso que eu estou comemorando este mês, o aniversário do acidente que tão terrivelmente alterou minha vida. Foram esses pequenos passos, pequenos trechos das Escrituras, que me permitiram avançar, passo a passo, pela complexidade da soberania de Deus, sabendo que em tudo Deus está no controle das coisas.
Agora, aqui estou eu, olhando para trás, para todos com profunda gratidão, olho para Deus, assim como para minha família e amigos.
Lembre-se, se você está sofrendo hoje ou lutando, segure pequenas e sólidas poderosas verdades: O Senhor é o seu pastor. Cristo deu a si mesmo por você. Ele nunca te deixará nem te desamparará. Segure-se a essas verdades e você vai encontrar forças para seguir em frente.
Nada disto seria possível se não fosse a morte e ressurreição de nosso glorioso Salvador, Jesus. Então, muitas pessoas precisam ver que seus sofrimentos podem ter propósito e significado, mas somente se eles resultam em conhecer a Cristo como Senhor e Salvador.   



Testemunho real de Clarice Pessato com comentário inspirado no testemunho de Joni Earecson Tada

domingo, 23 de outubro de 2016

É Por Isso que Ele Veio




É Por Isso que Ele veio

“E curou muitos que se achavam enfermos de diversas enfermidades, e expulsou muitos demônios, porém não deixava falar os demônios, porque o conheciam. E, levantando-se de manhã, muito cedo, fazendo ainda escuro, saiu, e foi para um lugar deserto, e ali orava. E seguiram-no Simão e os que com ele estavam. E, achando-o, lhe disseram: Todos te buscam. E Jesus lhes disse: Vamos às aldeias vizinhas, para que eu ali também pregue; porque para isso vim.” (Marcos 1.34-38)

Por que Simão e seus companheiros estavam tão ansiosos para encontrar Jesus? Porque todo mundo estava pedindo por ele. Um dia antes em Cafarnaum Jesus curou todos os doentes e os possuídos por demônios. A palavra se espalhou durante a noite e na manhã seguinte todo mundo estava procurando o Grande Médico. Só depois de uma longa procura que Simão encontrou Jesus, longe das multidões, quase escondido e orava sozinho. De volta a Cafarnaum, pessoas doentes e as suas famílias foram buscar ansiosas por seu toque de cura. Mas Jesus deixou-as e seguiu em frente. 
Não é que ele não se importava com a enfermidade daqueles que vieram tarde demais para serem curados no dia anterior. É que as suas doenças não eram seu foco, seu foco era o evangelho. Os milagres de Jesus eram apenas um pano de fundo para sua mensagem urgente. Ele mesmo disse: "É por isso que eu vim ... para que eu possa pregar." E ele pregou mais de um vez: "O pecado vai matá-lo, o inferno é real, Deus é misericordioso, seu reino vai mudar você, eu sou seu passaporte." Sempre que as pessoas perdiam este ponto - sempre que o benefício imediato de seus milagres distrai-as das coisas eternas - o Salvador  se afastava. 
Deus cura, porém quando isso não acontece não quer dizer que Ele não se preocupa conosco. Quando Jesus esteve na terra, ele se importava com o sofrimento, porém seu maior ministério foi pregar o evangelho. O evangelho que diz que o pecado mata e que o inferno é real, mas que Deus é misericordioso e Seu reino pode mudar-nos através do único caminho que é Jesus.




Podemos observar que o mesmo Jesus que curou cegos e mãos mirradas, também disse: arranca o teu olho e corta a tua mão se eles te fazem pecar. (Mateus 5.29,30). Ele estava mostrando que Sua maior preocupação era com o nosso coração, mesmo que tivéssemos que sofrer.
Deus não remove dificuldades, Ele permite dificuldades, elas são o seu propósito, Ele as planeja e ordena revelando o que preciso me arrepender, como amargura, rancor, egoísmo. E continuo precisando dessa correção. Porém, a graça me ajuda. 
Seria muito para mim? O sofrimento não é muito se é a Escolha de Deus para mim. Para isso fui chamada:

“Porque para isto sois chamados; pois também Cristo padeceu por nós, deixando-nos o exemplo, para que sigais as suas pisadas.” (1 Pedro 2:21)

Cristo sofreu por mim. Eu quero Seguir seus passos. Se ele obedeceu, não estou acima do meu mestre. Deus ainda está fazendo uma cura profunda testando e provando meu coração. Quero um coração glorificado. Por isso preciso ser sondada.

"Sonda-me, ó Deus, e conhece o meu coração; prova-me, e conhece os meus pensamentos. E vê se há em mim algum caminho mau, e guia-me pelo caminho eterno." (Salmos 139.23,24)

O sofrimento nos ajuda a manter famintos pelo pão da vida, sedentos pela água da vida. Sofrimento é um livro que nos ensina quem realmente somos. Isso nos limpa e nos despoja de todos os nossos caminhos pecaminosos. O sofrimento veio do pecado e Deus usa o sofrimento para nos livrar do pecado e para nos unir mais a ele. 

“Mas alegrai-vos no fato de serdes participantes das aflições de Cristo, para que também na revelação da sua glória vos regozijeis e alegreis.” (1 Pedro 4.12,13)

Ele continua nos limpando para que estejamos mais ligados ao Senhor Jesus, porque quando nosso coração bate no mesmo ritmo dele alegrias vem do céu enchendo nosso coração. Não há nada mais doce que experimentar a alegria do Senhor em meio ao sofrimento.  

“Como contristados, mas sempre alegres; como pobres, mas enriquecendo a muitos; como nada tendo, e possuindo tudo.” (2 Coríntios 6.10)

Jesus se importa com o problema das pessoas. Mas é importante saber suas prioridades. Eu fui a Jesus somente para ter minha paralisia curada e meus problemas resolvidos. Para mim a cura física era importante, mas para Deus a cura da alma é mais importante. Deus revela coisas do coração que precisam ser curadas. É preciso buscar uma cura mais profunda. 
Quando você sofre devia lembrar-se do inferno que você foi resgatado por causa de cristo. Somos encorajados e fluímos para outros e louvamos a Deus. O sofrimento não é muito se é a Escolha de Deus para mim. Cristo sofreu por mim. Eu quero Seguir seus passos. 





A busca por Deus a cada dia permite-me ser o que Deus destinou para mim e a depender mais da Sua Graça, aumenta a minha compaixão pelos outros que estão machucados e incapacitados, me ajuda a viver sem murmuração, dando graças em tempo de sofrimento, compartilhando o sofrimento de Cristo, aumentando minha fé, além de fortalecer minha esperança no céu e me faz amar a Deus muito mais. 
Eu não trocaria estar em comunhão e compartilhar do Seu sofrimento por poder caminhar. Essa é a verdadeira cura. Você não trocaria por nada nem por poder andar, pois mais importante que a cura física é ter um coração glorificado.

Deus pode responder ao seu pedido, mas se Ele não responde ainda assim é motivo para louvar. Deixa Deus transformar você, essa é a cura profunda e você não precisa quebrar o pescoço para recebê-la. Deixe Deus moldar você, transformá-lo de glória em glória para um novo nível de obediência apesar do sofrimento. Ele te ama.
O que você está buscando de Deus? A cura de uma ferida? O encontro de uma necessidade? Essas coisas são boas, mas não perca a mensagem mais profunda de Jesus. O núcleo de seu plano é para salvá-lo do pecado. Nossa dor, pobreza ou corações partidos não são seu foco principal. Deus se importa mais, não em fazer-nos confortáveis, mas em nos ensinar a odiar os nossos pecados, para crescer espiritualmente, e amá-lo. 

Eu desejo a cura no interior do meu coração hoje. Senhor, ajuda-me a não ser tão absorvida com as coisas de fora. Toque minha alma, Grande Médico.


Baseado no devocional Joni Eareckson Tada

sábado, 1 de outubro de 2016

Vasos Quebrados


 


Vasos Quebrados

"Mas temos esse tesouro em vasos de barro, para mostrar que este poder que a tudo excede provém de Deus, e não de nós.” (2 Coríntios 4: 7)

Às vezes lavando a louça, arrumando o armário, ou de alguma outra forma pode-se acidentalmente deixar cair um copo. Ele pode não quebrar, mas a queda pode causar uma rachadura. Gostaríamos de encontrar alguma forma de salvá-lo, mas no final concluímos que não há recuperação e decidimos jogá-lo no lixo. 
Deus, por outro lado, poupa copos quebrados. Na verdade, Ele nos considera vasos e vasos quebrados muitas vezes são suas ferramentas mais úteis. O versículo em destaque é como um manual de correção. Ele nos diz que Deus derrama seu tesouro em vasos frágeis que são propensos a quebrar. 
Ao decidirmos seguir a Jesus, a luz brilhará através de nós, assim como a manifestação do poder de Deus, mas é importante não esquecermos que isso acontece em recipientes perecíveis, isto é, em nossos corpos fracos. Dessa forma, todo mundo vai saber quem está fazendo, pois é ele em nós, e verão que o glorioso poder dentro de nós é de Deus e não nosso.
Um pescoço quebrado me ensinou isso. Às vezes, se na minha dor física ou dor emocional, eu, ao ir a Deus, disser, "Eu desisto. Não posso fazer nada direito. Eu não tenho nenhuma ideia de como me sair dessa confusão." O mundo diria: "Sim, você é inútil." O diabo diria: "Eu te disse". Mas Deus diz: "Eu estive esperando por você para vir a Mim no seu quebrantamento, deixe-me te curar Você precisa da minha ajuda;... Porque sem Mim, nada podeis fazer" 
Além do mais, o Salmo 51:17 nos diz que Deus só vai usar uma vida que está quebrada: 

"Os sacrifícios para Deus são o espírito quebrantado; um coração quebrantado e contrito, ó Deus, não desprezarás." 

O barro é uma substância frágil, moldável e que não tem forma. Assim, devemos buscar a Deus para entendermos nossa dependência, receber e aceitar as correções, permitindo que Ele venha nos dar a forma que lhe parecer melhor.
Embora sejamos frágeis, Deus nos usa para proclamar as boas novas e nos dá poder para realizarmos sua obra.
Não tenha vergonha de ser quebrado. Deus está à procura de vasos quebrados como você através dos quais ele pode mostrar o seu esplendor. Lembre-se, quando se trata da graça de Deus, até mesmo copos quebrados podem ser preenchidos até transbordar. 
Compartilhe este tesouro com aqueles que ainda não o possuem. 

Obrigada, Deus, por não jogar fora minha vida quebrada, mas o Senhor valorizou-a e resgatou-a. Use meu quebrantamento para ajudar os outros. 



Baseado em http://www.joniandfriends.org/daily-devotional/